Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  10/06/2016   

Fazendários aprovam negociação de pautas históricas com o Governo

 

A campanha salarial dos servidores públicos estaduais e a negociação das demandas específicas da categoria fazendária pautaram a assembleia geral extraordinária (AGE) ocorrida na manhã desta sexta-feira (10/6). Na ocasião, a Diretoria explanou os detalhes das reuniões ocorridas com o governador Camilo Santana, no último dia 6 de junho, e com o secretário da Fazenda, Mauro Filho, dois dias depois.
 
Foi discutida com a categoria a proposta do Governo, que não acatou a reivindicação de reajuste linear para todos os servidores e remeteu as negociações para as mesas específicas. No caso dos fazendários, o Governador acolheu as seguintes demandas: equiparação do teto remuneratório dos servidores do Poder Executivo ao patamar de 90,25% do subsídio dos ministros do STF; incorporação do piso do PDF ao vencimento; aprovação da Lei Orgânica do Fisco Estadual; instituição do Adicional de Risco de Vida para todos os fazendários da carreira da Administração Fazendária e pagamento das diferenças do PDF incidentes sobre 13º salário e adicional de férias desde 2007. Os três primeiros pontos serão discutidos diretamente com o Governador, a partir de agosto, e os dois últimos já estão sendo negociados com o secretário da Fazenda, Mauro Filho.
 
Campanha Salarial

Presentes à assembleia como convidados, representantes da coordenação do Fórum Unificado dos Servidores Estaduais (Fuaspec) criticaram o descumprimento da data base e a estratégia do Governo em desmobilizar e enfraquecer a luta os servidores, dividindo a categoria em negociações específicas. “O não reajuste abre um precedente grande, mas o pior é quebrar a unidade dos servidores”, afirmou a coordenadora geral do Fórum, Eliene Uchôa. O Fuaspec criou um comando unificado de greve que está participando das assembleias das diversas categorias com o objetivo de construir uma greve geral pelo reajuste linear para todo o funcionalismo e em defesa do serviço público.
 
Pleitos históricos

Apesar de insatisfeitos com a ausência do reajuste salarial, os fazendários apontaram como bastante positiva a abertura de negociação de pleitos históricos, a exemplo do pagamento das diferenças de PDF e do teto remuneratório. 
 
Diferenças de PDF

A categoria aprovou a proposta do secretário Mauro Filho de pagar as diferenças de PDF dos anos 2015 e 2016 em dez parcelas, a partir da folha de julho, e o pagamento das diferenças de 2007 a 2014 a partir de janeiro de 2017, uma por ano. Ficou definido ainda que as diferenças de PDF não serão mais retiradas do fundo da produtividade.
 
Adicional de Risco de Vida

Sobre a instituição do Adicional de Risco de Vida para todos os fazendários da carreira da Administração Fazendária, o Sintaf participará da próxima reunião do Comitê Executivo para justificar, aos seus membros, a ampliação da gratificação – conforme acertado com o Secretário.
 
Ascensões funcionais

Atendendo à cobrança do Sintaf, Mauro Filho autorizou o pagamento das ascensões funcionais dos fazendários (promoções/progressões) na folha de junho. A Diretoria confirmou nesta sexta-feira (10) que os atrasados das ascensões, referentes aos meses de abril e maio, também constarão na folha de pagamento deste mês. 
 
Confira as deliberações

Ao final da Assembleia, a categoria fazendária decidiu autorizar a negociação das pautas específicas com o governador Camilo Santana e o secretário Mauro Filho. Em paralelo, continuará apoiando a luta Fuaspec no que se refere ao reajuste salarial linear para todo o funcionalismo. Confira as deliberações:
 
▪ A categoria permanece em estado de greve e em estado de assembleia permanente;
 
▪ A Diretoria do Sintaf está autorizada a negociar as pautas específicas com o governador Camilo Santana e o secretário Mauro Filho, sendo acatada a proposta de calendário para o pagamento das diferenças de PDF;

▪ A categoria continuará apoiando a luta do Fórum Unificado dos Servidores Estaduais (Fuaspec) no que se refere ao reajuste salarial linear para todo o funcionalismo;

▪ Deverá ser reforçada, na pauta de negociação, o retorno do auxílio funeral e seguro de vida dos servidores aposentados, direito suprimido pelo Governo em dezembro de 2015.
Fonte: Sintaf Ceará
Última atualização: 10/06/2016 às 15:01:57
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br